Informação

Iniciativa “Unidos contra o Desperdício”

O Celeiro Integral aderiu à Iniciativa “Unidos contra o Desperdício”, um movimento cívico e nacional, que pretende unir a sociedade no combate ao desperdício alimentar, e onde a principal missão é tornar como prática comum o aproveitamento dos excedentes alimentares, incentivar a doação de sobras e promover o consumo responsável.

Uma campanha aberta ao público em geral, que une empresas, entidades e intuições, quer sejam públicas ou privadas, assim como qualquer pessoa particular que se identifique com o objetivo do movimento.

Fatos sobre o desperdício alimentar

– O planeta Terra é habitado por mais de 7 mil milhões de pessoas, dos quais 925 milhões estão actualmente a morrer à forme.

– O desperdício alimentar anual ronda os 1.3 mil milhões de alimentos, o suficiente para alimentar 3 mil milhões de pessoas.

– Desses 1.3 mil milhões de alimentos desperdiçados por ano, entre 95 a 115 kg/ano ocorrem nos países desenvolvidos e 40% em nossas casas.

– O desperdício alimentar é responsável, anualmente, por 4.4 gigatoneladas de emissões de gases com efeito de estufa.

– Os alimentos com maiores taxas de desperdício são as frutas, vegetais, raízes e tubérculos, totalizando 40 a 50% dos alimentos desperdiçados, cerca de 35% para cereais, 20% para sementes oleaginosas, carne e lacticínios e 35% para peixe.

Nos países em desenvolvimento, o desperdício e as perdas alimentares ocorrem principalmente nas fases iniciais da cadeia de valor dos alimentos, sendo muitas vezes desperdiçados devido a padrões de qualidade que priorizam demasiado a aparência.

Até 2050, a população mundial chegará aos 9 mil milhões, o que obriga a um aumento de cerca de 70% na produção de alimentos, de forma a responder à procura, o que torna a redução das perdas e desperdícios alimentares uma das principais áreas de foco. Por este motivo, o movimento “Unidos contra o Desperdício” elaborou 10 dicas para diminuir o desperdício em nossas casas.

  • Planeie as refeições e elabore uma lista de compras antes de ir ao supermercado.
  • Cozinhe apenas as quantidades necessárias para o número de pessoas que vão consumir a refeição.
  • Coloque os produtos com data de validade mais curtas à vista no frigorífico.
  • Comece por utilizar os hortícolas e as frutas mais maduras e só depois as mais verdes.
  • Utilize a fruta madura para preparar batidos de fruta ou purés de fruta.
  • Se tem sobras, invente ou procure receitas que permitam o reaproveitamento.
  • Congele a comida confecionada que sobrar ou guarde-a no frigorífico em recipientes apropriados para ser consumida no dia seguinte.
  • Aproveite a água da cozedura dos legumes para a sopa.
  • Use a casca de alguns produtos hortícolas ou frutas (cebola, limão, laranja, curgete, etc.) para fazer chá ou compotas.
  • Partilhe as sobras com amigos, vizinhos e familiares.

Junte-se a esta iniciativa aqui e ajude no combate ao desperdício. O desperdício alimentar é um problema de todos.

Fonte: Unidos Contra o Desperdício (unidoscontraodesperdicio.pt))