Saúde, Terapias

Dorn Breuss: o que é? Em que situações se aplica?

O método Dorn-Breuss combina dois métodos terapêuticos de origem alemã. O naturalista e terapeuta alemão Dieter Dorn criou um sistema com técnicas específicas para realinhamento da coluna vertebral e membros que, através da manipulação articular e vertebral, permite desbloquear energia e a libertação de toxinas instaladas. Apesar da simplicidade, o método Dorn é muito eficaz.

Com objetivos muito similares, Rudolf Breuss desenvolveu uma massagem para desbloqueio energético que viria a revelar-se extremamente útil no alívio de dores na coluna vertebral. O praticante do método Dorn, Harald Fleig, tomou contacto com a terapia de Rudolf Breuss, com quem aprendeu a massagem que incidia nos discos intervertebrais, e conciliou o potencial daquela terapia com o trabalho de realinhamento desenvolvido por Dieter Dorn.

Aplicação do método Dorn-Breuss

A massagem de Breuss deve ser aplicada antes da terapia de manipulação à coluna vertebral e membros, uma vez que permite ao sistema musculo-esquelético um aquecimento e preparação para a segunda fase, facilitando o trabalho de ajuste a nível articular e muscular (Dorn). O método Dorn-Breuss não deve implicar qualquer tipo de dor ou desconforto.

O método Dorn-Breuss é indicado em diversos quadro clínicos, como dor ou incapacidade a nível funcional do aparelho musculo-esquelético ou tensão e rigidez muscular e articular. A terapia Dorn-Breuss pode ser aplicada a pessoas de todas as idades, em crianças e adolescentes com escolioses, a pacientes neurológicos, pessoas obesas e pessoas acamadas.

Existe um vasto quadro de aplicações em que o método Dorn-Breuss apresenta resultados positivos, entre os quais:

  • escoliose
  • lombalgia
  • cervicalgia e cervicobraquialgia
  • hérnia discal
  • compressão dos nervos
  • dor articular
  • dismetria (diferença do comprimento das pernas)
  • cefaleias; enxaquecas
  • doenças neurológicas
  • insónia
  • stress; dificuldades na concentração e foco

Cuidados a ter

O Método Dorn-Breuss não deve ser aplicado a pessoas com cancro. Em casos de osteoporose ou situações de descalcificação óssea, é aconselhável apenas a massagem Breuss, sem as técnicas de manipulação articular. Estados pós-operatórios, síndrome de chicote (whiplash) ou espinha bífida são também situações em que não se devem aplicar estas terapias. Tal como noutras formas de massagem e manipulação, a sua aplicação não é indicada após as refeições, em pessoas com doenças infeciosas, com feridas abertas ou com febre elevada. Regra geral, exceptuando indicações do profissional de saúde, o método Dorn-Breuss deve ser aplicado com diferença mínima de cinco dias entre tratamentos.

Clique nos nossos contactos para mais informações acerca do método e tratamentos Dorn-Breuss.